Cordel Amigos para Sempre

A literatura de cordel é expressão cultural típica do Nordeste brasileiro. Segundo estudiosos como Gil Vicente e o Padre Fernão Cardin, os romances, ou A.B.C. chegaram ao Brasil pela tradição portuguesa em vender seus livretos pendurados em cordão nas praças, vielas ou feiras lusitanas.

É característica dessa literatura decantar em versos o cotidiano, a política, os atos de heroísmos, covardias e indiossincracias humanas, geralmente de forma jocosa, melodicamente cadenciadas e carregadas de humor ou puro lirismo.


O
Grupo Amigos Para Sempre também tem o seu cordelista. E hoje, no Dia do Amigo, queremos homenagear todos os nossos amigos na figura desse simpático jovem de 83 anos de idade: O poeta Claúdio da Silveira Dias, ou “Sêo” Claúdio como é carinhosamente reconhecido pelos amigos e admiradores.

A beleza da poesia simples e sertaneja identifica em versos cada membro do grupo:

Contaram-me uma estória, “sêo” moço,
Que não é nenhuma novidade,
De pessoas inteligentes,
E de muita criatividade,
Fundaram há algum tempo,
O Grupo
“Amigos Para Sempre”
Que faz o maior sucesso,
Aqui mesmo, nessa cidade,

[…]

Rozane Marize,
estrela do grupo,
Sempre a primeira a chegar,
com seu talento e sabedoria,
trabalha e não se cansa,
Com sua lide
rança,
Faz o grupo brilhar.

[…]

E assim, verso a verso vai compondo harmoniosamente sua homenagem impresso neste singelo cordel.

por Maris Stella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s