Uma vergonha para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Por Saulo Moreno Rocha**

Em comemoração aos 100 anos da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, e 15 anos de CEFET, em Vitória da Conquista, foi realizada uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Vereadores de Vitória da Conquista no dia 16 de outubro de 2009. Esta sessão contou apenas com a participação de dois vereadores, sendo um deles, o proponente. Também estiveram presentes na mesa oficial, o diretor geral do IFBA – campus Vitória da Conquista, Prof. Paulo Marinho de Oliveira, o Magnífico Reitor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Abel Rebouças São José, e representando o corpo discente do IFBA, a aluna Bárbara Tigre.


Se levarmos em conta a falta de público, a audiência foi uma completa vergonha! Como que uma instituição deste nível completa 100 anos e nem o seu corpo estudantil comparece? Onde foram parar os discentes, docentes e demais funcionários do IFBA? 

Por se tratar de uma audiência tão importante para a cidade, onde foram parar os senhores vereadores e a senhora vereadora? Como já citado acima, somente dois se fizeram presentes na audiência, o que evidencia a completa omissão do Poder Legislativo com relação as causas sociais da cidade, já que o assunto a ser exposto na referida sessão era – ou deveria ter sido – do interesse de toda comunidade conquistense.

Em busca de responder a estes questionamentos, procurei as autoridades estudantis da Instituição, o Grêmio Estudantil e o Diretório Acadêmico de Engenharia Elétrica, representando os alunos dos cursos técnicos/ integrados e o curso superior, respectivamente, nenhum dos presidentes recebeu comunicado oficial ou convite direcionado. Segundo a discente do curso de Engenharia Elétrica do IFBA, Selma Oliveira, essa omissão, comprometeu a ação estudantil ao não possibilitar a mobilização do alunado para comparecer a citada audiência.

Pelo exposto, o não comparecimento dos alunos ocorreu em decorrência da falta de articulação entre a diretoria do Campus e dos órgãos estudantis da Instituição. Sendo assim, cabe nos a pergunta, quem teria nomeado a discente que esteve na mesa solene? Se os órgãos estudantis da instituição sequer receberam comunicado oficial, a quem ela representava, a si mesma? Quem representou os auxiliares de serviços gerais, os jardineiros, seguranças e demais funções de aparentemente, “menor” peso na escala de valores dos organizadores dessa comemoração?

Pelo visto, a tão falada democracia repetidamente presente no discurso de nosso diretor, não se evidenciou pelas práticas adotadas. Como uma instituição pode ser democrática, já que seus alunos são colocados de fora de um de seus momentos históricos mais importantes? Onde estiveram representados os técnicos administrativos e os servidores do instituto? Uma escola se faz só de professores, mestres e doutores? Será?

Portanto, considero uma vergonha aquele plenário vazio, e que os organizadores não tivessem se empenhado no cuidado de mobilizarem aos estudantes e técnicos administrativos a também estarem presentes. Sendo assim, foram alijados daquele momento solene, que insisto em dizer, deveria ter contado com a participação da comunidade e de todos os discentes, docentes e auxiliares. 

Os coordenadores pedagógicos e a comissão organizadora do evento do IFBA perderam a rara oportunidade de passar a nós alunos muito mais que conhecimento e conteúdo técnico para formação de mão de obra, contudo, na manifesta e vergonhosa omissão, nos deixaram a importante lição, de que para produzir cidadãos melhores e mais qualificados, é preciso reconhecer o lugar da cidadania e da participação de todos. 

Mas, de todos mesmo!

**Saulo Moreno Rocha é pesquisador do
Núcleo de
História,Cultura e Memória da CATROP. Estudante do Curso Integrado em
Meio Ambiente do Instituto Federal da Bahia – Campus Vitória da
Conquista e Presidente do Grêmio Estudantil da mesma Instituição.
Integra as atividades realizadas pelo projeto “Jovem PEV”, executado
pela ONG PEV – Programa de Educação para a Vida.


Anúncios

21 comentários sobre “Uma vergonha para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

  1. A Diretoria do Campus e da Instituição IFBA deveria ter comunicado aos demais vereadores e os alunos, só assim se consegue uma maior mobilização e visibilidade para melhoria do IFBA…

    Parabéns Saulo por mostrar isso, assim dando maior visibilidade!

    Curtir

  2. Saulo,parabéns por sua crítica,isso demonstra a sua preocupação como aluno com o nosso instituto, e nos alertar sobre os problemas existentes em nosso meio.O instituto teria como obrigação divulgar toda a programação do evento e mobilizar os alunos para que os mesmos comparecessem,além do mais não cabe a nós somente comemorar,mas aproveitar essa oportunidade para conhecer mais sobre nosso instituto.

    Curtir

  3. palhassada viu! e por que os alunos mesmo não foram atras de saber, precisa da escola mobilizar alunos???? é o fim uma coisa dessas? ninguém foi por que não quis. que fauta do que fazer em saulo?

    Curtir

  4. Olá a todos!
    Muito obrigado a todos que apoiaram o meu manifesto, e que o criticaram.
    Agora estou para receber todas as críticas, menos de anônimos.
    Me poupe, se quer postar alguma crítica, que poste, estou aqui para ouvi-las, agora de pessoas que não tem coragem de mostrar a cara não!!!

    Curtir

  5. É preciso que os docentes do instituto percebam que eles não sobrevivem sem alunos. Sem nós, estudantes, de que viveriam os professores, técnico-admnistrativos? Será que o CEFET, IF-BA ou o nome que tiver, estaria comemorando 100 anos se os alunos fossem as paredes das salas?
    É necessária uma melhor comunicação entre instituto e alunado.
    Parabéns Saulo. Pela iniciativa e coragem!

    Curtir

  6. Viu, anônimo, a FALTA que faz não ter levado a Educação a sério? E de a Educação não ser levada a sério neste país? Evita que pessoas covardes cometam a PALHAÇADA de querer se fazerem de engraçadinhas sem ao menos saberem a língua pátria! Que falta de amor próprio, HEIM nãocidadão?…

    Bartira Martins

    Curtir

  7. Bem, não sou aluno do instituto, mas acho muito importante que alunos como você Saulo tomem iniciativas como esta,e de fato é uma vergonha que não tenha tido uma BOA comunicação entre instituto e alunado ainda mais se tratando de um assunto tão importante pra alunos e comunidade, mas se houve algum comunicado os estudantes deveriam ter procurado a direção da instituição pra confirmar a presença, ou não, dos alunos e funcionarios..ao menos o que dá pra entender é que, não foi comunicado oficial, mas que houve algum tipo de comunicação, tambem deveria ter tido uma integração maior do gremio estudantil e do diretorio

    Curtir

  8. pois é…. Tb acho que a instituição não consegue sobreviver sem o apoio total do corpo docente, acho que houve uma total falta de informaçao, aliás de comunicação que prejudicou a ausência de muitas pessoas

    Curtir

  9. Realmente niguem ficou sabendo disso…
    Mas tbm acho que mesmo que isso fosse comunicado o comparecimento dos discentes não seria muito diferente não…
    E quanto a escolha da discente para essa conferencia eu até concordo, eu a conheço e sei q ela nos representou bem…
    Mas realmente o fato que é mais vergonhoso é essa falta de informação, na verdade comunicação, não só nessa parte de docente/corpo administrativo, mas no geral, até mesmo com o grêmio a comunicação é muito falha…com isso nós discente dessa instituição sofremos com essa falta de organização que está o IFBA. NÃO PODEMOS NOS CALAR. Parabéns Saulo por essa inciativa ;D

    Curtir

  10. Caro Saulo, como já afirmei anteriormente somente visulumbro uma saída para os seus mais lídimos anseios através da via de que lhe falei. A sua denúncia é corajosa, e é assim, com jovens estudantes como voce, que a nossa sociedade pode crescer. Reafirmo que existe uma solução para o IFBª, que é através da denúncia, e procurar as pessoas corretas. Quanto ao Professor Ubirajara Brito, ele reside aqui em Vitória da Conquista, e atualmente é o Pró Reitor da FAINOR, onde voce poderá encontrá-lo. Caso deseje o meu e-mail, peça ao Anderson que ele poderá lhe fornecer.
    Atenciosamente.
    Dr. Afranio Garcez.

    Curtir

  11. E´Uma vergonha esse poder Legislativo de Vitoria da Conquista como se sabe Educação ñ da voto E um absurdo uma cidade desse porte o Legislativo nao da nenhuma importancia e os gremios estudantis que nao funcionam mais!!!!`´E lamentavel.. e uma vergonha!!! O que os alunos podem esperar? Infelizmente Conquista é uma cidade em que os politicos ñao dao minima p/ cultura. Uns inrresponsaveis merecem nossa resposta nas urnas

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s