Amigo a gente só conhece quando sabe com quem contar…

por Maris Stella Schiavo Novaes**

Ninguém faz nada sozinho, hoje, que se encerra a presença da Catrop nesse festejo junino de 2010, permitam-me a audácia, mas, a partir daqui, esta publicação será em primeira pessoa, eu, Maris Stella, como coordenadora da teimosia chamada Catrop, agradeço em especial aos companheiros e companheiras que estiveram à frente dos trabalhos em nosso rancho, e aos que direta ou indiretamente  ajudam-me a construir os objetivos que assumi naquele já distante ano de 2007.


Meu agradecimento mais sincero: 

  • Aos tropeiros que confiam em meu propósito de trabalho e são a própria razão de ser meu ofício como historiadora. Meu carinho e apreço à Manoel Bonfim, Zé Batista, Zé Silva, Canuto Rodrigues, Antônio Bispo, Antoniel Rodrigues e tantos e tantos outros.
  • Ebe Goulart, amiga e companheira que abraçou o compromisso de manter o rancho com caldos, quentões, amendoins e o mais vital, calor humano,  com tudo de altos e baixos que nossa condição humana nos permite. Te amo, Ebe.
  • Warley Fernandes, não tem palavras que possam expressar o quanto foi importante sua chegada na Catrop, sua imensa boa vontade e atenção me comoveu imensamente.
  • Saulo Moreno, o de sempre… Meu amor por você transcende palavras.
  • Manno di Sousa, agradeço por estar por perto, ser o amigo de todas as horas e atender meus pedidos de socorro. De uma coisa temos certeza: “a galinha cagou no chão” e quem quiser  que conte outra…
  • Fabiana Pacheco, a trabalhadora da última hora mais eficiente que eu poderia conseguir. Subiu no meu conceito, Pequena. Prazer demais te conhecer. Agora sim, de verdade.
  • Teófilo Gobira, bom saber que sempre posso contar contigo. Te amo muito!
  • Olga querida Olga, que entre licores, sorrisos e história de vida não me deixou desanimar nos momentos que pensava em desistir. 
  • Márcio Lopes, jornalista, designer gráfico, criador de nossa logo. Que a força esteja com você amigo. Amutudemaisdaconta.
  • Vânia Oliveira, amiga querida, sua passagem pelo rancho nos encheu de alegria. Agradeço demais, pelo apoio e pela cornicha.
  • Kátia Almeida, minha irmã de alma e coração. Abençoada sejas, sempre!
  • Rozangela e Cristina, companheiras de partido, mas, acima de tudo, amigas de verdade. Beijos!
  • Ao amigo Adebaldo Almeida pelo apoio na montagem do rancho. Imprescindível!
  • Profs. Gal Novato, Itamar Aguiar, Rubens Mascarenhas, José Raymundo, Ronaldo Ferraz, Isnara Pereira, Dirceu Góes e outros, pela visita ao rancho.
  • Ao meu amor, Manoel Neto, companheiro adorado de toda uma vida, esteio e base de minha existência e aos nossos três fachos de luz, pelas vibrações positivas.

Aos que por ventura não entraram nessa lista, perdoem-me a injustificada omissão. 

Valeu minha gente até 2011!

**Maris Stella Schiavo Novaes- Licenciada em História pela Uesb de Vitória da Conquista Bahia; Com pós-graduação em Educação, Cultura e Memória, pelo Museu Pedagógico/Uesb. Presidente da Ong Carreiro de Tropa – Catrop, Coordenadora do Núcleo de História, Cultura e Memória da Catrop; Colunista do site: http://www.acontecebahia.com.br/

Anúncios

Um comentário sobre “Amigo a gente só conhece quando sabe com quem contar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s