A hipocrisia do Querer

Uma pausa em nossa temática tropeira, a reflexão proposta por Manno di Sousa, pela própria gravidade do assunto, reclama de nós máxima atenção.
por Manno di Sousa**
 Queremos que os rios voltem ser como antes, mas continuamos dar as costas para eles despejando nossas fezes, nossos dejetos neles.
Queremos que acabe o desmatamento das florestas,  de todas as matas, mas continuamos comprando tudo que vem da madeira.
 Queremos que não devastem mais a Terra, mas continuamos comprando tudo que retiram do seu interior.

 Queremos ter o carro do ano, o notebook mais moderno, a bicicleta mais moderna, o computador mais moderno, o relógio mais moderno, a moto, o apartamento ou a casa mais luxuoso(a), o som do carro ou de casa mais potente, ter mais eletricidade não importando sem ela vem da água, do vento, de termais ou de usinas nucleares.
 Ora, que grande hipocrisia! Dois pesos e duas medidas. E assim que estamos diante deste paradigma. Queremos que o planeta respire, mas não deixamos o planeta respirar.
** Manno di Sousamúsico e musicólogo, cantor e compositor, vice-presidente da Catrop
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s