Um agradecimento aos amigos das primeiras horas

1ª Assembléia da ONG Carreiro de Tropa
por Maris Stella Schiavo Novaes**

Quando a gente realiza um trabalho tão focado quanto este que fazemos na Catrop, resgatando o tropeirismo como Patrimônio Cultural Material e Imaterial para esta região,  de antemão já sabemos que o público será restrito e por consequência o retorno também. Daí, persistência e paciência são palavras sinônimas, utilizadas quase como mantras para que o desânimo de alguns instantes não nos vença por completo.

Porém em alguns momentos, as emoções são renovadas quando nos lembramos dos amigos que estiveram conosco desde as primeiras horas na distribuição das sementes, que ainda em terra inóspita, prometiam venturosos frutos para criação desta ONG. 

Secretário de Cultura, Gidelson Felício e
o Prefeito Guilherme Menezes em visita
ao Rancho do Tropeiro
O tempo passou, as rotas pessoais desmembrou o grupo inicial e conduziu a cada um rumo a projetos próprios. Ou diferentes. Contudo, os frutos começam a ser colhidos e isto muito se deve ao estímulo e palavras de carinho dos amigos que chegaram depois. 

Irlandia Serra Negra, Diretora do MRVC e
Florisvaldo Brito, Historiador e
Empresário
Tanto quanto, aos que reconhecem valorização e apreço aos resultados que neste rancho apresentamos ao público. 


Esta publicação é um agradecimento e uma homenagem aos velhos e novos amigos que nos depositam tanta confiança. E apostam em nosso comprometimento com a cultura do tropeirismo em Vitória da Conquista. 

Na trajetória do tempo, alguns agora retornam para visitar o rancho e testemunhar que as primeiras conversas que tivemos não se restringiram aos sonhos não realizados, mas, se constroem presentemente em cada pequeno desafio enfrentado. E vencido. 

Higgo Lopes e Patrícia
Maris Stella e Humberto Alves
Humberto Alves, é sócio-fundador da Catrop.

Higgo Lopes, professor em Ribeirão do Largo, nos conhecemos na 2ª Conferência Estadual de Cultura, quando a Catrop ainda ensaiava seu primeiros passos.  Embora tenha retornado à sua cidade, ainda se mantém presente e atento aos nossos trabalhos acompanhando com carinho pela internet nossas ações. 

Simbolizado nas pessoas deste dois amigos, registramos aqui nossos agradecimentos a todos que em 2007 realizaram conosco as primeiras ações para criação da ONG Carreiro de Tropa. Este bom fruto que construímos com persistência, paciência e a chegada de tantos novos componentes que aderem à  nossa tropa.

*Maris Stella Schiavo Novaes é Presidente da Ong Carreiro de Tropa – Catrop, Coordenadora do Núcleo de História, Cultura e Memória da Catrop; Membro da Rede do Labtece/UESB, Colunista do site: http://www.acontecebahia.com.br/; Secretaria da Mulher do Partido Socialista Brasileiro – PSBLicenciada em História pela Uesb de Vitória da Conquista Bahia; Com pós-graduação em Educação, Cultura e Memória, pelo Museu Pedagógico/Uesb. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s