Entre aspas

A
entrada das tropas de animais em Conquista constituía espetáculo alegremente
aguardado. Para a criançada a longa fila de burros, cascos levantando poeira,
tropeiros a estalar os longos chicotes; se chegavam à noite, mais belo o
acontecimento. Dos seixos encravados na terra nua, ou das valetas de pedras que
serviam de escoadouro às águas de enxurradas, então existentes na praça XV de
Novembro, as ferraduras arrancavam faíscas, pequeninas estrelas aos milhares,
derramando-as em chuveiro de ouro sobre o chão escuro. Coloriam a noite
conquistense.”

                               ORRICO. Israel (Zai) Araújo. Mulheres
que fizeram história em Conquista
1ª ed. Vitória da Conquista: Bahia
Artes Gráfica, 1982 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s