Memória tropeira

“Os tropeiros eram os homens de negócios, que compravam e vendiam. Alguns produziam em suas propriedades. Circulavam por infinitas trilhas e caminhos, subindo e descendo serras, atravessando rios e riachos. Abasteciam os povoados de novidades, de utensílios e variedades. Tinha  até tropeiro joalheiro. Além de vender de tudo um pouco, em muitos lugares o tropeiro…

A mula

por Carlos Roberto Solera (ou acémila, em castelhano) Provavelmente surgiu na região situada entre o rio Ganges e Síria, logo após esta ser invadida pelos mongóis. Os romanos derem-lhe grande interesse, talvez até mais que os cavalos, e há indícios de seu uso na Itália cerca de 400 anos antes de Cristo, sendo na Idade…

Entre aspas

“Logo antes de escurecer, sugeri que saíssemos para inspecionar o que a venda ali perto fonte: Livronauta tinha a oferecer. O proprietário (um português gordo do tipo Sancho Pança) recebeu-nos jovialmente, tomou nossas mãos carinhosamente em suas patas grandes, macias e gordurosas e disse-nos que os ingleses eram “homens e muito bons homens”. Depois de…

Conversas com quem gosta de ensinar: Rubem Alves.

“Não sei como preparar o educador.  Talvez que isto não seja nem necessário, nem possível…  É necessário acordá-lo. E aí aprenderemos que educadores não se extinguiram como tropeiros e caixeiros.  Porque, talvez, nem tropeiros nem caixeiros tenham desaparecido,  mas permaneçam como memórias de um passado que está mais próximo do nosso futuro que o ontem. …

Entre aspas

“(…) a evidência oral pode conseguir algo mais penetrante e mais fundamental para a história. Enquanto os historiadores estudam os atores da história à distância, a caracterização que fazem de suas vidas, opiniões e ações sempre estará sujeita a ser descrições defeituosas, projeções da experiência e da imaginação do próprio historiador: uma forma erudita de…

Entre aspas

“Daí que, para esta concepção como prática da liberdade, a sua dialogicidade comece, não quando o educador-educando se encontra com os educando-educadores em uma situação pedagógica, mas antes, quando aquele se pergunta em torno do que vai dialogar com estes. Esta inquietação em torno do conteúdo do diálogo é a inquietação em torno do conteúdo programático da educação.” FREIRE,…